Parece improvável, mas isso ocorre todos os dias com uma frequência assustadora. Comprar um imóvel sem saber o preço é o que acontece quando uma obra é iniciada sem que haja um orçamento para a edificação. Podemos dizer que o principal motivo para que as obras sejam iniciadas sem que se saiba quanto ela vai custar é a dificuldade na elaboração do orçamento.

É comum ouvirmos “quanto está custando o metro quadrado de uma casa?” e respostas “esse valor por metro quadrado é para padrão baixo?”. A realidade é que não é possível orçar uma obra baseado em índices. Cada projeto possui peculiaridades que diferenciam seu custo. Um mesmo projeto executado em terrenos diferentes já é suficiente para que uma obra tenha um custo diferente da outra.

A dificuldade que mencionamos sobre a elaboração do orçamento está ligada a complexidade de obtenção de custos na construção civil. Os serviços são quantificados através de uma composição de preços, ou seja, a soma de diversos preços dos insumos que fazem parte do serviço. Para exemplificar podemos usar o concreto, produto muito utilizado e conhecido de todos como essencial em uma obra. Peço licença aqui a meus colegas engenheiros para utilizar um exemplo simples, deixando de lado resistência característica, método de lançamento e abatimento de tronco de cone. O concreto nesse caso é o serviço pois inclui a fabricação e a aplicação. Para fabricar e aplicar o concreto precisamos de materiais (cimento, areia, pedra e água), de mão de obra (operador de betoneira e ajudante) e equipamentos (betoneira, pá, carrinho de mão). Após termos todos os materiais, a mão de obra e os equipamentos precisamos saber quanto de cada insumo precisaremos para fazer a quantidade de concreto que queremos. Ao final, multiplicamos a porção de cada insumo seu respectivo preço, sempre observando as unidades de medida.

UFA!!! Cansei só de ver.

Realmente, a tarefa exige experiência profissional e empenho para obtenção de todos os preços praticados pelo mercado. Aliás, é bom observarmos que as constantes oscilações da economia brasileira, potencializadas pela grande variação no câmbio, impactam diretamente nos preços praticados pela construção civil, tornando cada vez mais difícil a tarefa de respondermos quanto custa o metro quadrado da minha obra.

Orçamento é tarefa do cotidiano de engenheiros e arquitetos, portanto a melhor maneira de saber quanto custará sua obra é contratar o serviço de um profissional. Uma dica é que a contratação do orçamento seja feita junto com a contratação dos projetos. Dessa maneira sua obra poderá sofrer alterações ainda na fase de concepção para que atenda suas necessidades e seu bolso.

Para uma próxima conversa veremos que não basta orçar, precisamos acompanhar a obra para garantir que o orçamento seja respeitado.